R. Padre Achiles Saporitti, 1220 - Divino • Palmas/PR

( +55 ) 46 3263-1632

abcc@abccaracu.com.br

image 13/08/2020

Ministério da Agricultura reconhece seis estados como livres da vacinação para febre aftosa

por Redação

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) oficializou a instrução normativa que reconhece  seis estados brasileiros livres de vacinação da febre aftosa em bovinos e bubalinos. Os estados que estão declarados como zonas livres da vacinação, são: Rio Grande do Sul, Paraná, Rondônia e Acre, além de duas regiões do Amazonas e do Mato Grosso. Conforme oficializado pela a Ministra, Tereza Cristina, a medida começa a ser aplicada no dia 1º de setembro de 2020.

Nesta quarta-feira (12), a instrução normativa foi publicada no Diário Oficial e governo federal deve oficializar o pedido de status internacional à Organização Mundial da Saúde Animal (OIE). A assembléia internacional está prevista para ocorrer em maio de 2021, mas o Ministério deve encaminhar, ainda neste mês de agosto, o pleito para que o Paraná seja reconhecimento internacionalmente como área livre de aftosa sem vacinação. 

A retirada da vacinação deve colaborar para a abertura de mercados como Japão, Coreia do Sul, México, Estados Unidos, Chile, Filipinas, China e Canadá. O setor de suínos também deve ser impactado positivamente, a expectativa é de que tenha um aumento nas exportações de R$ 600 milhões anuais.

A IN (52) reitera que os Estados mencionados devem manter o controle sanitário de suas divisas, conforme já estabelecido anteriormente. “Esses animais de outros estados só podem dar entrada em regiões livre de vacinação de febre aftosa como carga lacrada, a ser encaminhada para abate imediato, ou para cruzarem em outros territórios”, informou a Faep em nota.

 

Por:  Andressa Simão